Psicografia

Mensagens psicografadas

Etapas do Aprendiz da Doutrina

(12/06/2010)

Quando alguém, de alguma forma, chega a conhecer a doutrina espírita e aceita seus fundamentos torna-se um aprendiz da Doutrina. Se depara, então, com uma nova realidade e não percebe que, como o estudante a enfrentar um novo curso, passa por três etapas de aprendizagem.

Na primeira, que podemos chamar de Etapa de Deslumbramento, o novato espírita, atônito com as explicações da realidade da vida corpórea e espiritual, fica feliz em encontrar respostas para as suas dúvidas. Tudo que ler é como uma nova descoberta a surgir, achando que daí em diante entenderá e resolverá todos os seus problemas e do mundo.

Contudo, ainda continua o mesmo, pois encoberta os seus erros, vícios e atitudes menos nobre no seu intimo, sem liberá-los para o mundo exterior. São aquelas tendências que temos medo ou vergonha de expor aos irmãos mais próximos a nós.

Já na segunda etapa, chamaremos de Etapa de Encantamento, onde o aprendiz acha que tudo sabe e que tudo viu para torná-lo uma mestre da Doutrina.

É fato que consegue explicar todas as dores e suas causas, discorrer sobre os aspectos filosóficos e clarificar ao próximo religando-o a Deus, demonstrando ser a Doutrina uma nova religião revelada pelo Espírito de Verdade. Não há nada no seu modo de viver que não escape dos conceitos espíritas e evangélicos.

Se encanta com tudo, com as curas espirituais, com as mensagens recebidas pelos irmãos médiuns e muitas vezes, esquece de aplicar o básico ensinado pelo mestre e codificador da Doutrina , Allan Kardec: "...antes de tudo, deves analisar a mensagem sob o crivo do amor e razão".

Este encantamento está presente em todas as ocasiões, até que, as vezes, a dor lhe bate a porta desmoronando o seu castelo de sonhos, ou então, cai na rotina do dia-a-dia naquela mesmice. Aí, não consegue entender a sua sorte, que antes denominava-a de carma e esquece a Doutrina ou se transforma em um adepto do espiritismo triste, frio sem o brilho normal daqueles iniciantes de antes.

Na maioria das vezes, é preciso que algo externo muito forte lhe sacuda o coração e lhe desperte a emoção novamente da Doutrina para abrir a realidade interior do seu "eu" , do seu espírito.
É neste momento de vivência, que pode alcançar a terceira e última etapa da aprendizagem, a Etapa de Renovação. Aqui consegue perceber que tudo que estudou, sentiu e vivenciou é importante quando consegue analisar, confrontando-os com suas tendências mais íntimas.
Sente que precisa mudar de dentro para fora, renovando sua atitudes externas perante a si e a seu próximo. Precisa amar com a sabedoria do Mestre Jesus e compreender o seus erros e de seus irmãos próximos, como parte normal da caminhada evolutiva.

Sentido esta nova emoção, começa a renovação intima da sua atual reencarnação, aplicando a Doutrina Viva no melhor de si para a evolução do seu espírito.

Z

Leia também:

Sutileza da dourina

programação


©2004-2014 by Grupo Espírita Servidores de Jesus
Sede: Rua Visconde de Sepetiba, nº 81, Centro, Niterói, RJ, Brasil. CEP: 24020-206.
Telefone: (21)2622-8757.
R. U. P. M. Lei Nº 1245/97 - CNPJ: 39529490/0001-53 - Inscr. municipal: 081893/0018
Nosso correio eletrônico: contato@servidoresdejesus.com.br
A Página do GESJ está na Internet desde 16/12/2004.