Psicografia

Mensagens psicografadas

Apego

(27/08/2013)

É natural que tenhas saudades de pessoas que te foram queridas. Não te recrimines por isso.

É ainda assim no estágio de evolução atual em que estamos, tu e nós. Também sentimos saudades e, vezes por outras, temos de algum modo, igualmente, os nossos apegos.

De certo, não nos preparamos bem para as passagens que precisamos fazer. Por isso nos apegamos tanto.

Protegidos sob o véu do esquecimento, somos distraídos pelas coisas do mundo e vivemos, dia após dia, como se a estada aí fosse para sempre.

Eterno é, sim, o espírito que somos. Como viajantes, contudo, tendo cumprido nossas pequenas missões, havemos de prosseguir.

É natural que as saudades cheguem e nos tomem, desavisados que somos do momento de partir.

É natural que sintas, pois sentimos também.

Quanto tempo passamos sem compreender tantas coisas! Mas um dia há de chegar em que novamente nos veremos, aí ou aqui, em outras roupagens e com nova sabedoria.

Esses são os aprendizados que nos aguardam.

Portanto, querido irmão, não te recrimines por sofreres em função daquilo que entendes como perdas. Os teus apegos hão de ser passageiros e tanto, que, na medida do teu caminhar e conforme o teu amadurecimento, chegará a hora em que irás confortar ao invés de seres confortado.

Estaremos por perto até lá.

Leia também:

A luz e a escuridão

programação


©2004-2014 by Grupo Espírita Servidores de Jesus
Sede: Rua Visconde de Sepetiba, nº 81, Centro, Niterói, RJ, Brasil. CEP: 24020-206.
Telefone: (21)2622-8757.
R. U. P. M. Lei Nº 1245/97 - CNPJ: 39529490/0001-53 - Inscr. municipal: 081893/0018
Nosso correio eletrônico: contato@servidoresdejesus.com.br
A Página do GESJ está na Internet desde 16/12/2004.